quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

#maidan Um português, para além do cumprimento do dever...


#maidan

Um dos traços que distingue os bons políticos dos demais consiste em equilibrar o necessário pragmatismo com uma genuinidade associada a causas e valores transversais.
Quando a "panela já fervia" em Kiev, o Duarte atirou a prudência ao ar e foi lá apoiar amigos, companheiros de combate no YEPP, mas foi sobretudo mostrar ao povo ucraniano que não estava sozinho, que por toda a Europa se levantavam vozes solidárias, exigindo dos seus governos a condenação de um regime que se ajoelhava perante o peso da "Mãe Rússia".
Como português, europeu, iscspiano, e militante do PSD (sim, por esta ordem) foi um orgulho ver o Duarte a dar corpo e voz a uma solidariedade europeia que vai muito para além do pragmatismo dos estados, e por tudo isso está de parabéns!