quarta-feira, 14 de maio de 2014

Quem festeja com uma garrafa de champanhe, não está desempregado, não tem familiares reformados, nem é funcionário público...

Ainda sobre ideias peregrinas... (outra ideia peregrina)

Vale o que vale e não será por causa disto que a coligação Aliança Portugal (PSD/CDS) irá ganhar, ou perder as eleições, mas há malta que parece que gosta de se pôr a jeito...




Se é verdade que os partidos que sustentam o Governo têm de capitalizar a saída da TROIKA (Lê mais aqui)já acho estranho que se apareça à frente da televisão com uma garrafa de champanhe na mão. 

Quem festeja com uma garrafa de champanhe não deve estar desempregado, não deve ter nenhum familiar reformado, nem ser funcionário público...


De facto, é a este governo que se deve a saída da TROIKA e de facto foi o PS que a trouxe, mas talvez ainda não seja tempo para champanhe...