sexta-feira, 25 de setembro de 2015

A Eurosondagem é a credibilidade que o Expresso e a Sic lhe emprestam

Ontem era notória a irritação da Ana Gomes com os resultados das sondagens, igual a ela própria, destilava o fel em frente à câmara de televisão. Estava incrédula, falava até de uma campanha orquestrada... Não era possível... Se ela acredita que o Costa vai ganhar, como é possível que haja portugueses a responder diferente nos inquéritos diários?

Mas não é a única, hoje no jornal i, o Correia de Campos, do alto do seu pedestal, chama estúpidos aos portugueses...

(Retirada do Jornal i de hoje)

Mas o que é realmente estranho é a partilha que alguns elementos do PS fizeram do post/artigo do Telmo Vaz Pereira a desancar de alto a baixo na Eurosondagem, do Rui Oliveira e Costa. Um artigo que acusa a Eurosondagem de ser manipulada pelo PSD. A única sondagem que dá vantagem ao PS até agora.

A confusão já é de tal ordem que até na Eurosondagem batem. Parece que a ordem é bater nas sondagens, não interessa que resultado dão, o que interessa é que são uma sondagens.

Eu até concordo que a Eurosondagem tem uma longa lista de falhanços estrondosos, deu em 2013 o Couceiro a ganhar ao Bruno Carvalho no Sporting, em 2009 o Vital Moreira a ganhar ao Rangel, em 2006 o Soares a ganhar ao Manuel Alegre, em 2001 o João Soares a ganhar ao Santana em Lisboa e o Fernando Gomes a ganhar ao Rui Rio no Porto. Agora é a única que dá a vitória ao PS.

Vale o que vale, e neste caso só vale porque o Expresso e a SIC lhe emprestam credibilidade. 

Mas, sinceramente, acho difícil que o Rui Oliveira e Costa possa continuar a apresentar os mesmos resultados quando todas as sondagens parecem por em causa a já agastada credibilidade da sua empresa. 

(Retirada do jorna Sol de hoje)