segunda-feira, 28 de setembro de 2015

O PS continua com uma campanha estranha, agora assume-se como o garante da instabilidade em qualquer dos cenários...

Muito estranho mesmo, normalmente os partidos que querem ser governo procuram assumir-se como garantes da estabilidade. Mas, o PS parece estar a posicionar-se como o partido garante da instabilidade, isto porque não aprova o orçamento de um Governo minoritário da coligação, e caso ganhe sem maioria diz que quer governa sozinho...



Tamanha confusão, parece que correm a tapar os buracos no casco do navio a afundar e com isso vão destapando buracos maiores.

Para responder à ideia absurda de se ter um Jerónimo de Sousa ou, uma Catarina Martins, Vice Primeiro Ministro de Portugal,(Lê mais aqui) vem o António Arnaut dizer que PS vai tentar governar sozinho.


(Retirado do jorna i de 28 de Setembro)

Mas se o PS não aprova o Orçamento de um Governo minoritário da Coligação, fica-se com a ideia que a sua preocupação é apenas garantir um governo instável e a prazo, quer ganhe, quer perca.

Esta malta continua muito confusa...

(Retirado do Expresso de 26 de Setembro)