segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Viva a República!

É lamentável que o Presidente da República falte às comemorações da implantação da República.

Apesar da República estar consolidada, enquanto sistema político, a sua instauração é um marco histórico e um progresso para a democracia nacional. Mais do que qualquer outra instituição, o Presidente da República tem o dever de marcar este dia, de marcar o dia que permitiu que a escolha da primeira figura do estado passasse a ser feita pelo voto direto, democraticamente.


Espero que esta opção do Presidente da República não se deva apenas ao facto de ser o Medina (PS) o Presidente da Câmara de Lisboa, até porque pouco lhe adianta se for o Santa Lopes o candidato do PSD nas próximas autárquicas. Seria uma atitude até mesquinha, este "bater no ceguinho". Querem maior humilhação que a derrota de Costa em Lisboa? Perder na cidade onde até há pouco tempo António Costa foi presidente de Câmara.



É muito difícil acreditar que uma pessoa com a experiência de Cavaco Silva falte às comemorações do 5 de Outubro para fugir aos jornalistas, por causa das legislativas. Para refletir não pode ser, ainda ontem o ouvimos assumir que já tinha refletido e estudado todos os cenários eleitorais possíveis (lê mais aqui), e não ter do que falar, parece-me o argumento mais ridículo de todos. É incompreensível.

Resta saber se são questões de saúde e neste caso retiro o que disse.