quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Da série: sim sou feminista e eis porquê

Mães portuguesas que interrompem carreira têm as pensões mais baixas da OCDE

"As mulheres portuguesas que interrompem temporariamente a sua carreira para ficarem em casa a tratar dos filhos são as mais penalizadas, entre as mulheres dos 34 países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), quando chega a hora de se reformarem." http://www.publico.pt/economia/noticia/portuguesas-que-interrompem-a-carreira-para-cuidar-dos-filhos-sao-as-mais-penalizadas-nas-pensoes-1716200