sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Sá Carneiro - 35 anos depois da sua morte


"O nosso Povo tem sempre correspondido nas alturas de crise. As elites, as chamadas elites, é que quase sempre o traíram e nós estamos a ver,mais uma vez, que o Povo Português foi defraudado da sua boa "fé"!
Lembrar Sá Carneiro e evocar o seu trágico desaparecimento naquela fatídica noite de 4 de Dezembro de 1980 passa, obrigatoriamente, por uma reflexão sobre os princípios e valores que sempre nortearam a sua vida de homem, cidadão e estadista.
E estas suas palavras, proferidas no congresso do PSD de 1978, bem se aplicam infelizmente, nos dias de hoje, à actual conjuntura política portuguesa.
O PS perdeu as eleições, mas numa estranha aliança e negociata com comunistas e trotskistas chegou ao poder.