quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Um Pai Natal muçulmano!


Depois de discorrermos sobre muitas personagens reais e fictícias ao longo do ano, há uma e a propósito da quadra natalícia, que não pode deixar de ser relembrada pelo KAPAGEBE: o Pai Natal.
O Pai Natal é uma figura lendária inspirada em São Nicolau, arcebispo de Mira na Turquia, que, no século IV, costumava ajudar quem estivesse em dificuldades financeiras, colocando um saco com moedas de ouro na chaminé das casas.
Nicolau foi declarado santo depois de lhe terem sido atribuídos muitos milagres sendo mais tarde transformado em símbolo natalício em todo mundo, associando-se, assim, à celebração cristã do nascimento de Jesus Cristo no dia 25 de dezembro.
Sendo uma figura associada ao cristianismo, São Nicolau, nascido em Patara, perto da atual cidade de Gelemis, era, de origem turca, o que reforça a sua dimensão inter-religiosa e intercultural, levando-me a divagar sobre a hipótese de se criar uma versão muçulmana , uma personagem ligada aos valores da partilha, da fraternidade e da generosidade, adaptada ao Mundo Islâmico.



Seja como for, tal figura não teria, nunca, qualquer viabilidade no Mundo Ocidental, cada vez mais cético relativamente à diáspora islâmica, tão conhecida na sua vertente jihadista, como se pode ver no estudo de campo realizado e exposto em anexo...

Feliz Natal!