segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Uma mudança bem mais significativa que a mera nomeação de um alto cargo.



A par do processo em curso de aprovação de uma lei antiterrorista, a criação da figura de um alto responsável pelo combate ao terrorismo indica uma nova abordagem ao fenómeno por parte das autoridades chinesas.

O terrorismo deixa de ser tratado no quadro da criminalidade geral para passar a ser encarado como um fenómeno de características próprias e merecedor de uma abordagem específica.