sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Mas afinal o PCP já não garante a paz social?

Parece que esta tropa está de greve por causa das 35 horas, mas não porque exigem algo que não venha a acontecer, é mesmo para que aconteça é já e não no segundo semestre deste ano (lê mais aqui).

Pessoalmente acho que estas greves nem são assim tão más:


  • Menos trânsito para quem realmente tem de ir trabalhar;
  • Vai consolidando a ideia relativa a alguns sindicatos enquanto órgãos vestigiais da sociedade, daqueles que terão sido importantes algures na evolução humana, mas que agora ninguém sabe bem para o que servem (sindicatos custam milhões ao estado).
  • E por começarem a acelerar o processo de clarificação do PCP.