quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Nociva? Esta política imbecil é que é nociva!!


O Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues afirma que Portugal "ia contra corrente nos últimos quatro anos" e que a escola "não tem que treinar para exames", defendendo ainda que a "cultura da nota é nociva", cabendo à sala de aula o papel principal do trabalho a desenvolver. Este Ministro parece que se aconselha unicamente na extensão sindicalista de Mário Nogueira, numa espécie de Secretário de Estado Adjunto da Educação. Só assim se explica estas políticas grotescas e atentatórias da educação em Portugal. Passamos do Ministério da Educação para o Ministério do Professorado. A cultura do exame e da nota é mesmo muito nociva. O importante é formarmos futuras gerações felizes de economistas, médicos, engenheiros cirurgiões, pedreiros, carpinteiros, advogados, pasteleiros, etc.. Imbecis mas felizes. Ignorantes mas felizes. De que vale a cultura do esforço e da recompensa pelo mérito? Para quê estudar e tentar ter boas notas? Relevante mesmo é as crianças serem acarinhadas e recompensadas pela mediocridade, isto num mundo global que nem é um lugar competitivo e nocivo. Enfim…e cedemos alegremente as futuras gerações a estas imbecilidades.