sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Rui Moreira: De político aviador a azeiteiro!

Tecendo algumas considerações sobre a gestão da TAP, Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, declarou ontem em entrevista à Visão que "Vigo sente-se como a salsicha fresca dentro de uma francesinha, com um aeroporto miserável e que percebeu que há um senhor americano em Lisboa que tem uns aviões a hélice parados".


 
(Rui Moreira no papel de Tarzan)

Duas dúvidas assolam, no entanto, a nossa consciência. A primeira, relacionada com a intenção da intervenção que, certamente, não se assume nem como contributo para melhorar o serviço da TAP nem como contributo para fortalecer os laços de fraternidade que sempre ligaram Portugal à Galiza.
 
A segunda, com a qualidade em que Rui Moreira intervém. Se como político candidato a aviador ou como político vidente, alguém sensível ao ponto de compreender o estado de espírito de uma salsinha fresca dentro de uma francesinha. Certamente uma sensação claustrofóbica que terá originado a noticiada ventosidade. 
 
Uma coisa é certa, no entanto. A diferença entre um político com aspirações a aviador e um azeiteiro irresponsável, para utilizar o vernáculo popular, é por vezes e infelizmente, demasiado curta!