quinta-feira, 21 de abril de 2016

À atenção do António


Sócrates: “Eu nunca seria primeiro-ministro sem ter ganho as eleições” – Parece que o curso de filosofia lhe trouxe alguma lucidez.