segunda-feira, 18 de abril de 2016

De entre os 367 votos que ditaram a queda da Dilma, há um que tem um gosto especial. O voto do palhaço que não se corrompeu.


Para quem não sabe o Tiririca é mesmo palhaço (lê mais aqui) e não se deixou corromper no esquema do Lava Jato (lê mais aqui). 



 (imprensa portuguesa de hoje)