terça-feira, 10 de maio de 2016

Marcelo e o Acordo Ortográfico

A sério, eu devo andar a atravessar uma fase qualquer, pois dou comigo a ter dificuldade em compreender a posição do Marcelo Rebelo de Sousa sobre a questão do Acordo Ortográfico. 

Porque é que ele foi abrir uma guerra com um assunto tão polémico? Uma guerra que estava perdida à partida? Se é competência do governo, se o AO já está implementado há 5 anos, ao ponto de meio milhão de crianças apenas saberem escrever dessa forma, (Lê mais aqui), se mais ninguém quer tornar a falar do assunto, porque é que ele se sujeitou ao enxovalho de ouvir da CPLP que não há retorno no Acordo Ortográfico? (lê mais aqui)

Só se ele já sabia que a ratificação do AO estaria para breve em Angola e Moçambique, ou pior, se sabia que podia ser ele a desbloquear o impasse. 

Pelo menos, a malta anti-acordo ainda deve estar mais confusa do que eu...