terça-feira, 19 de julho de 2016

A FALÁCIA!


O Governo afirmou que a eliminação gradual dos cortes salariais na função pública vai custar menos 97 milhões de euros do que o previsto no OE2016. O que a imprensa não fala e o Governo também não é que apesar das reposições salariais em termos brutos, existem novas tabelas de retenção com uma abissal carga fiscal que acabam por “comer” em termos líquidos os montantes repostos. E pelos vistos até dá folga orçamental. E vai-se transmitindo esta falácia com o beneplácito de todos.