domingo, 1 de novembro de 2015

demagogia pura..

Insistindo nas “grandes balizas do Bloco de Esquerda”, que são as exigências para a legislatura (“que todos os rendimentos têm de ficar descongelados, os das pensões e os do trabalho, que haja recuperação de rendimentos”), a porta-voz do partido mostra disponibilidade para que, nas negociações, os objetivos não vejam a luz do dia já em 2016.

Catarina Martins fala das medidas que lhe convém, Sabe que não tem de fazer as contas, muito menos aplicá-las. Caso sejam aplicadas, apenas recolhe os frutos com os portugueses. As más notícias ficam para o PS. Bela parceria.

1 comentário: